Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - amizade ...s pobres - os mais jovens - bravo! - bravo!: ...na-faso! newsletterlink

Support the Community

  

BRAVO!: Dois milhões e meio de pessoas foram registadas no Registo Civil em Burquina-Faso!


 
versão para impressão

BRAVO!: Dois milhões e meio de pessoas foram registadas no Registo Civil em Burquina-Faso!
10 de Abril de 2010

A bonita notícia chegou nestes últimos dias. O governo de Burquina-Faso com a ajuda do programa BRAVO! da Comunidade de Sant’Egidio quis verificar o andamento da operação “ 2009 anée de l’enregistrement gratuit et universel des naissances”. Todos concordam que nunca se tinha verificado um afluxo tão grandioso de mulheres, crianças e homens  nos gabinetes dos municípios e dos magistrados do País. Também aqueles que no início da operação em Burquina-Faso eram mais cépticos, agora tiveram que acreditar: a população respondeu em massa a campanha do governo porque compreendeu que é uma ocasião única e preciosa.

Mais de dois milhões e meio de pessoas foram inscritas no registo civil. É um grande sucesso para o País e uma óptima notícia para as suas crianças. Os dados dizem de facto que, 60% dos registados têm menos de 18 anos. Agora será mais fácil para eles frequentar a escola e ser tratados adequadamente.

A operação do registo cívil dos nascimentos levou aos funcionários do Estado em todos ângulos do País para recensear a população e isto contribuiu para a difusão da consciência de quanto os documentos de identidade sejam importantes para cada cidadão.
Este é um sinal importante para o futuro do País, quer dizer, que registar uma criança no momento do nascimento poderá tornar-se um hábito mesmo depois do fim do ano especial de registo gratuito.


Dos dados obtidos verificou-se que o afluxo foi grandioso não somente nas cidades, mas também nos campos e nas zonas mais isoladas, onde é difícil movimentar-se porque cultiva-se a terra e não há meios de transporte. E foram mesmo os habitantes das localidades que mais se benficiaram da operação, porque as taxas dos registos nos campos eram baixissímas e as dificuldades de registar-se eram maiores.

O governo e o programa BRAVo! estão estudando os métodos que se possam adoptar para que facilitem também no futuro, sobretudo nos campos, o registo dos recém-nascidos.

O Burquina-Faso está vivendo um momento muito importante da sua história: um terço da sua população está sendo finalmente  registada. É um passo decisivo para garantir os direitos de todos.

Imagens
Le operazioni di registrazione delle nascite in un villaggio dipinte da un artista burkinabé
As operações do registo cívil dos nascimentos numa aldeia pintadas por um artista burkinabé

 

Arquivio Video

NOTÍCIAS RELACIONADAS
8 Novembro 2011

Burkina Faso - Visita do ministro da Administração territorial aos cursos de formação para os agentes do registo civil

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | RU
2 Novembro 2011

Ouagadougou (Burquina-Faso) - Inaugurado o primeiro curso de formação dos agentes do registo civil promovido pelo Bravo! para o registo universal e gratuito dos nascimentos

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
30 Junho 2010

Ouagadougou (Burkina Faso): Curso de formação do programa "BRAVO!" dedicado aos chefes de estado civil do Registo

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | ID
29 Junho 2010

Ouagadougou (Burkina Faso): "Ajuda-me a existir". Colóquio Internacional sobre o estado civil em África. O exemplo do Burkina Faso

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | ID
28 Junho 2010

Ouagadougou (Burkina Faso): Conferencia Internacional “Nunca mais crianças fantasma: África e o desafio da inscrição ao registo civil

IT | ES | DE | FR | PT | CA | NL
todas as notícias relacionadas

ASSOCIATED PRESS
19 Agosto 2017
La Provincia Pavese
Otto pavesi al servizio dei bimbi di strada
15 Agosto 2017
L'huffington Post
Morire di terrorsimo in Burkina Faso nell'indifferenza generale
12 Agosto 2017
La Repubblica.it
Sant'Egidio, nel cuore del volontariato
5 Agosto 2017
L'Eco di Bergamo
Impagliazzo: "Caccia alle ONG ora basta, si perseguano i trafficanti"
27 Julho 2017
La Stampa
Così si salvano i bimbi invisibili
todas relacionadas com a imprensa

FOTOS

1463 visitas

1401 visitas

1313 visitas

1408 visitas

1612 visitas
todos os meios de comunicação relacionados